WhatsApp: +55 11 99651 0879
Visite nosso Facebook
ACCASC

Curso de Introdução à Restauração de Veículos Antigos



Objetivo
Prover aos participantes informações para a construção do conhecimento necessário para o aproveitamento adequado, nos Cursos de Capacitação Profissional, em Restauração de Veículos Antigos, nas modalidades: Mecânica, Funilaria, Pintura, Elétrica, Tapeçaria e Marcenaria;

Perfil do Participante
Jovens entre 18 e 24 anos, formados ou estudando em escolas públicas e com renda familiar de até 3 salários mínimos;

Programa
Apresentação das Especialidades da Restauração de Veículos Antigos:

A Funilaria da Carroceria:
- Apresentação das noções básicas do processo de recuperação da carroceria automotiva;
- Apresentação do ferramental necessário para a recuperação de carrocerias;
- Estudo dos principais tipos de carrocerias existentes;
- O processo de tratamento das chapas contra a corrosão;
- Noção de ajustagem de carrocerias;

A Preparação e Pintura da Carroceria:
- Apresentação das noções básicas do processo de preparação e pintura de carroceria automotiva;
- Apresentação de ferramental necessário para a preparação e pintura da carroceria;
- Apresentação dos materiais utilizados na preparação e pintura de carrocerias;
- Noções de montagem da carroceria;

A Mecânica Automotiva:
- Apresentação do motor de combustão interna e os elementos que o compõem;
- Princípios de funcionamento do motor de combustão interna;
- Motores: Ciclo Otto; Ciclo diesel; Dois Tempos entre outros;

A Caixa de Câmbio:
- Apresentação da caixa de câmbio manual com seus elementos;
- Princípio de funcionamento da caixa de câmbio manual;
- Apresentação do câmbio automático;
- Apresentação de outros tipos de Câmbio;

O Conjunto de Embreagem:
- Apresentação de seus elementos;
- Princípio de funcionamento;

O Conjunto de Diferencial:
- Apresentação dos elementos do diferencial;
- O princípio de funcionamento do diferencial;
- Os tipos de diferencial;
- O eixo cardan;
- O eixo de transmissão para as rodas;

O Sistema de Freios:
- Apresentação dos elementos que compõem o freio;
- Os princípios de funcionamento do sistema;
- Os tipos de sistema de freios;

O Conjunto de Suspensão:
- Apresentação dos tipos de suspensão;
- Funcionamento dos sistemas de suspensão;

O Sistema de Direção:
- Apresentação dos elementos que compõem um sistema de direção;
- O princípio de funcionamento do sistema de direção;
- Os tipos de sistema de direção;

Rodas e Pneus:
- Apresentação dos diversos tipos de rodas e pneus que já foram utilizados, mostrando sua evolução com o passar do tempo;

A Eletricidade Automotiva:
- Noções de eletricidade básica;
- Apresentação do sistema de carga e partida;
- Apresentação do sistema de iluminação e sinalização;

Estudo dos Tipos de Carrocerias:
- Apresentação dos diversos tipos de carrocerias;

A Marcenaria de Veículos:
- Estudo dos tipos de estrutura em madeira;
- Tipo de madeiras aplicadas para cada estrutura;
- Apresentação do ferramental utilizado na marcenaria;

A Tapeçaria Automotiva:
- Estudo das diversas tendências de acordo com a época;
- Estudo dos materiais aplicados em tapeçarias;
- Apresentação das técnicas de fabricação;
- Apresentação do ferramental utilizado em uma tapeçaria;

História do Automóvel e Sua Evolução:
Anos de 1900
O automóvel do início do século XX ainda herda uma forte influência do período das carruagens; Amostra das configurações de carrocerias utilizadas no período;
O movimento Art Noveau ditas as regras estéticas, inclusive nos automóveis;
O momento é de experimentação no mundo automotivo, quando inventores independentes apresentam alguns dos mais exóticos veículos da história;
O processo de produção artesanal e semi-artesanal e o costume de se encomendar carrocerias especiais para construtores independentes;
Carros movidos a vapor e a eletricidade dividem as ruas com os movidos por motores de combustão interna; Ainda não se sabe qual das tecnologias será a dominante;
Nasce o Mercedes Simplex, que se estabelece como importante referência a ser copiada pelos concorrentes;
Henry Ford apresenta seu Modelo T;

Anos de 1910
A “Brass Era” (Era do Latão) prossegue até aproximadamente 1914;
As carrocerias são construídas a partir de uma estrutura de madeira revestida geralmente em aço ou alumínio e exigem mão de obra altamente especializada;
Surgem os Cyclecars;
Henry Ford implanta a linha de montagem móvel, que tem como uma de suas características a redução do uso de mão de obra especializada e a redução de custos de produção; Para inaugurar o sistema ele escolhe o seu Modelo T, que ajuda a colocar a América e o mundo sobre rodas;
Eclode a Primeira guerra Mundial; O papel do automóvel no conflito;
O automóvel começa a virar uma febre e inspira até mesmo manifestações artísticas;
Após o conflito, o automóvel caminha para um período de consolidação de sua indústria e começa a adquirir uma linguagem própria, cada vez mais distanciada das carruagens que os inspiraram;

Anos de 1920
A grande prosperidade econômica estadunidense nos anos 20 e o extremismo político em países europeus;
O ápice da produção do Ford Modelo T e sua substituição pelo Modelo A;
Os reflexos do início da massificação do automóvel para a sociedade;
Os avanços tecnológicos, o início da “Era do Rádio” e sua influência na sociedade;
Charleston, Flappers e a Era do Jazz;
A “Lei Sêca”nos EUA e a proliferação do crime organizado;
A produção de modelos populares como o Austin Seven e Peugeot Quadrilette;
O uso da madeira como elemento estrutural das carrocerias começa a dar lugar a carrocerias totalmente metálicas;
O surgimento da tinta DUCO encurta o tempo de secagem na linha de produção;
Henry Ford e Alfred P; Sloan: diferentes visões na produção e venda de automóveis;
Paul Jaray fundamenta as bases da aerodinâmica aplicada aos automóveis;
A quebra da Bolsa de Valores de Nova Iorque em outubro de 1929 muda a face da economia dos EUA e do mundo;

Anos de 1930
A Grande Depressão dos anos 1930 e a falência de inúmeros pequenos fabricantes de automóveis de luxo;
A influência do movimento artístico Art Deco no design dos automóveis e o surgimento do estilo Streamline Design, que “aerodinamiza” os automóveis, tornando-os mais atraentes e estimulando a economia de consumo;
Nos EUA, o Chrysler Airflow e o Lincoln Zephyr mostram o caminho para carros de série mais aerodinâmicos;
Na França, a Citroën apresenta o Traction Avant, o primeiro carro com carroceria autoportante produzido em série na história;
O surgimento do KDF Wagen em 1938, na Alemanha nazista;
A Fisher Body Co; apresenta o “Turret Top”, permitindo pela primeira vez o uso do teto totalmente em aço nos carros de produção;
Encarroçadores independentes como Figoni & Falaschi e Bohlman & Schwartz desenvolvem algumas das carrocerias mais exóticas de todos os tempos;
Nascem os fabricantes japoneses Toyota e Datsun;
Começa a Segunda Guerra Mundial na Europa;

Anos de 1940
A 2ª Guerra Mundial e o redirecionamento da indústria automobilística para o esforço de guerra na primeira metade da década;
O racionamento de petróleo e matérias primas imposto pela guerra;
O nascimento do Jipe, resultado do esforço de guerra;
O automóvel americano na segunda metade dos anos 1940: Cada vez maior e mais confortável;
O automóvel na Europa: Carros pequenos e econômicos;
Nasce o tail-fin, conhecido no Brasil como “rabo-de-peixe”;
O Ford Customline salva a marca da falência nos EUA;
Nascem as marcas Ferrari, Porsche, SAAB e Land Rover;
A Jaguar lança um de seus maiores clássicos, o XK 120;
Tucker Torpedo: Seus avanços e seu desaparecimento prematuro;
A evolução nos processos de produção e no design das carrocerias;

Anos de 1950
O boom econômico estadunidense se reflete na opulência e extravagância de seus carros, frutos de uma era de otimismo, muito dinheiro e sonhos com o futuro;
A ascensão da cultura popular americana;
Os Tail-fins (Rabos-de-peixe) de Harley Earl e Virgyll Exner;
As Dagmars (garras de pára-choque ogivais);
O Rock-and-Roll nasce inspirado nos automóveis;
A recuperação econômica da Europa no pós guerra, com a construção de carros pequenos e econômicos, acentuando a diferença entre os conceitos norte-americano e europeu de como deve ser um automóvel;
A evolução nos processos de produção e no design das carrocerias no período;
Hollywood promove e influencia a indústria automobilística americana;
A popularização do câmbio automático nos EUA;
A General Motors introduz o primeiro carro de série produzido em fibra-de-vidro, o Corvette;
A Citroën revoluciona o mundo automotivo lançando seu inusitado DS 19;
A Fiat apresenta seu ultra compacto 500;
A BMC apresenta seu revolucionário Mini, o primeiro a adotar o motor transversal dianteiro;

Anos de 1960
A Guerra do Vietnam, a cultura pop, a contra-cultura, a música, a economia, a política e sua influência no mundo do automóvel;
O fim dos tail-fins (rabos-de-peixe) e início do uso de linhas retas nas carrocerias;
O primeiro contra-ataque da indústria automobilística estadunidense como resposta ao início da invasão das marcas japonesas e européias;
A polêmica gerada por Ralph Nader, o Chevrolet Corvair e o início dos direitos do consumidor;
O surgimento do Ford Mustang e sua forte influência na indústria automobilística;
Pony-cars e Muscle-cars, marcos americanos no setor dos esportivos;
Os carros esporte italianos e o surgimento da Lamborghini;
A Porsche apresenta o 911 e a Jaguar o Tipo E;
NSU, um carro com mecânica revolucionária e com um design à frente de seu tempo;
Renault 16 e o início da bem sucedida trajetória dos hatchbacks;
A Honda entra no ramo dos automóveis;
O primeiro “boom” da indústria automobilística brasileira;
O regime militar no Brasil e sua influencia na indústria automobilística;
A trajetória da Willys-Overland, Vemag e Simca, os modelos desenhados para o Brasil e sua absorção pelas marcas Ford, Volkswagen e Chrysler;
A General Motors investe em seu primeiro automóvel fabricado no Brasil, o Opala;

Anos de 1970
As crises do petróleo e seu forte impacto na indústria automobilística norte-americana e mundial;
Os modelos AMC Gremlin, Chevrolet Vega e Ford Pinto marcam o início de uma nova ofensiva dos EUA contra a invasão dos modelos japoneses e europeus;
A era do downsizing nos modelos americanos;
A corrida espacial entre EUA e URSS coloca na superfície da Lua os jipes lunares;
A chegada do Chevette e o início da ampliação da linha de modelos Chevrolet fabricados no Brasil;
A italiana Fiat chega ao Brasil com um modelo derivado do 127;
Golf, Passat e Scirocco, a marca da Italdesign, Giorgetto Giugiaro e Aldo Mantovani na Volkswagen faz escola;
A Volkswagen do Brasil lança modelos como o Brasília e o SP2, marcos da capacidade nacional no desenvolvimento próprio de novos modelos;
A década vê a ascensão e queda da Chrysler do Brasil e seus modelos V8 baseados na linha Dart americana;;
Os Alfa-Romeo brasileiros, únicos da marca do Cuore Sportivo fabricados fora da Itália, sofrem no período sua maior evolução;
A evolução nos processos de produção e no design das carrocerias no período;

Anos de 1980
Os avanços tecnológicos do período (Air-bags, Cd-players, ônibus espaciais, computadores pessoais, etc);
A política, a economia e suas influências no Brasil e no mundo (As diretas já, a hiperinflação, a queda do muro de Berlin, o massacre da Praça de Tien an men);
O Trabant como símbolo do atraso e da falência de um regime;
A primeira marca japonesa de automóveis a se instalar em solo estadunidense e o histórico acordo Toyota-GM; O “Toyotismo” substitui o “Fordismo” como paradigma a ser seguido pela indústria;
A crise da Chrysler e seu renascimento pelas mãos de Lee Iacocca, da plataforma “K” e das minivans;
Renault Espace e Chrysler Caravan, protagonistas de uma nova era e do surgimento de uma nova categoria, a das minivans;
O sonho mal sucedido de John Zacary De Lorean e o processo de produção empregado no DMC 12;
O Yugo e sua tentativa de se impor no mercado estadunidense;
Fiat Panda e Fiat Uno, exemplos históricos da competência da Italdesign e seus protagonistas, Giorgetto Giugiaro e Aldo Mantovani;
A breve incursão da Lamborghini no mercado dos utilitários;
A Fiat brasileira exporta para a matriz;
Audi Quattro, Porsche 959, Ferrari F-40, VW Bus T3, BMW E-30, E-34 e E-31, Jeep Cherokee: Marcos da indústria automobilística;
O Pontiac Fiero e seu exótico processo de produção;
O Ford Taurus e sua histórica liderança do mercado estadunidense de sedans, frente à Honda e Toyota;
Brasil: O maior produtor mundial de veículos fora-de-série; A era da fibra-de-vidro;
Carros mundiais no Brasil: Escort e Monza mudam os paradigmas em sua categoria;
O Gol da Volkswagen estréia com a missão de substituir o Fusca;
A Gurgel lança o BR-800, primeiro veículo inteiramente brasileiro produzido em série;

Anos de 1990
Computação gráfica e realidade virtual mostram o caminho dos novos projetos de automóveis;
Os telefones celulares e a internet revolucionam as comunicações e a era da informação se consolida;
Os utilitários esportivos e os esportes radicais indicam mudanças de comportamento nos consumidores;
Honda/Acura NSX e a primeira carroceria construída inteiramente em alumínio;
A Chrysler surpreende o mundo com os lançamentos ousados do Dodge Viper e Plymouth Prowler;
A Ford indica novos caminhos para o design, com seu New Edge Design;
A Renault inova com seu monovolume urbano Twingo e apresenta sua própria minivan, a Scénic, que também passa a ser produzida no Brasil;
O polemico design do americano Chris Bangle é apresentado ao mundo através do Fiat Coupé;
Walter de Silva dá nova vida à marca Alfa-Romeo com o modelo 156;
A Mercedes-Benz apresenta seu SLK, conversível de capota rígida, após a Honda lançar o DelSol, onde um robô recolhe o teto em alumínio e o guarda no porta-malas;
Em uma inusitada associação entre um fabricante de relógios de pulso e uma montadora, nasce o SMART, apontando os caminhos para os carros urbanos do futuro;
A onda “retrô” toma conta da indústria automobilística a partir do Volkswagen New Beetle;
O melancólico fim da Gurgel mata a esperança de uma marca genuinamente brasileira;
No Brasil são reabertas as importações no início da década, levando a uma total revolução na indústria local a partir do final dos anos 1990, quando começam a chegar os chamados New Commers, tais como Honda, Toyota e Renault;


Clique Aqui e Faça a sua Inscrição

Colabore
AJUDE A REALIZAR SONHOS
Produtos ACCASC
COMPRE E COLABORE
Bazar PRÓ Jovem Restaurador
Adote um Jovem
ADOTE UM JOVEM
Mude um Destino
Apóie com Isenção Fiscal
APOIE COM ISENÇÃO FISCAL
Utilize seu Imposto com Resposabilidade
Galeria de Imagens
Clube do Carro Antigo Cia 66 Edelbrock Box 54 Band Equipamentos

Quem Somos

Cidadãos unidos pela convicção de que é possível contribuir para a redução desta desigualdade, através de oportunidades de educação e trabalho digno para todos os Cidadãos.

Depoimentos

O Que Mudou na Vida de Nossos Alunos.

Inscrições
Bolsa Gratuita

Para jovens entre 18 e 24 anos

Contato

Contato

2012 I 2017 I ACCASC SOCIAL E CULTURAL WhatsApp: +55 11 99651 0879 Visite nosso Facebook